BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

sexta-feira, 29 de março de 2013

CEL MÉDICO PEDRO GERMANO DA COSTA - HOSPITAL CENTRAL DA PMRN EM NATAL


PEDRO GERMANO DA COSTA, natural de Natal,  NASCIDO A 30 DE JUNHO DE 1930, FILHO  do tenente Coronel  Francisco Germano Filho. Formado em medicina pela Faculdade de  Medicina do Recife, turma de 1957. Em 11 de agosto de 1963 foi nomeado diretor do Hospital Central da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, na condição de Capitão Médico, permanecendo nesse cargo até durante 23 anos, ou seja, de 1963 a 1986, quando passou para o Cel PM Médico José de Anchieta.
          Médico, diretor do Hospital da PM, Marçom, realizou a primeira cirurgia cardíaca com circulação extra corpórea no Rio Grande do Norte, fato este registrado no Conselho Regional de MEDICINA. Este acontecimento potiguar foi amplamente divulgado pela imprensa nacional, e teve como integrantes da equipe, os seguintes profissionais: Coronel Médico Pedro Germano, Cirurgiões Cleone Noronha, André Nunes, Ricardo lagreca, Cardiologista Ovídio Fernandes, o perfucionista Pedro Paulo Leite e os anestesistas doutores Paulo Pinto e Carlos Pinto.
Pedro Germano fez curso ginasial no Colégio de Santa Luzia, na cidade de Mossoró-RN.
Pedro Germano patrono do Hospital Geral da PMRN, cuja denominação foi dada pelo Decreto nº 10.695, de 26 de junho de 1990, sancionado pelo então governador Geraldo José Ferreira da Câmara de Melo.
Faleceu em São Paulo no dia 3 de outubro de 1987
FONTE - LIVRO 400 NOMES DE NATAL

CEL MÉDICO LEIDE MORAIS - MATERNIDADE MUNICIPAL EM NATAL


LEIDE MORAIS, natural de Mossoró-RN, nascido a  15 de setembro de 1927, três meses da invasão do bando de Lampião em Mossoró. Filho do tenente PM Laurentino Ferreira de Morais, o qual, em 1927 exercia a função de delegado de Mossoró e de Beatriz Leite de Morais. Muito cedo se transferiu juntamente com seus pais para Natal, onde concluiu seus estudos secundários no Colégio Marista (26/12/1929). Em Recife-PE, começou a cursar a Faculdade de Medicina, até o terceiro ano, quando resolveu transferi-se para a Bahia, havendo concluído em 1952.
                     Retornando a Natal, passou a integrar a equipe médica do Hospital Miguel Couto (hoje HUOL) e da Maternidade Januário Cicco (12/10/1950), incorporando-se à Polícia Militar como médico, onde criou e instalou o Serviço de Saúde. Havendo construído os ambulatórios e iniciado a construção do Hospital Central da Polícia Militar (hoje Hospital Central Coronel Pedro Germano), situado na Avenida prudente de Morais, no bairro do Tirol, em Natal, inaugurado no dia 11 de agosto de 1963.

SEBASTIÃO DE SOUZA REVOREDO - 12° BPM - MOSSORÓ


 CEL REVOREDO, natural de Macaíba-RN, nascido a 7 de janeiro de 1917 E FALECEU EM Recife-PE, em 9 de janeiro de 1988. Filho de Manuel de Souza Revoredo e Maria Dalila Revoredo.Praça de 1 de janeiro de 1934. Na graduação d de primeiro-sargento concluiu o Curso de FORMAÇÃO DE oficiais, turma de 1937, na primeira turma de oficiais da corporação. Em  8 de agosto de 1938 foi promovido ao posto de segundo-tenente. Em 1944 viajou a cidade do Rio de JANEIRO E NA Polícia Militar do então Distrito Federal fez o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais. Em 6 de setembro de 1945 foi promovido a 2º tenente; em  28 de maio de 1951 a capitão; em 19 de novembro de 1951 a major e em 25 de dezembro a tenente coronel e no dia 9 de janeiro de 1961, por ato do governador Dinarte Mariz,  por ocasião de sua transferência para a reserva remunerada foi promovido ao posto de coronel, porém, o ato do governador Aluízio Alves (11/8/1921 – 06/05/2006) foi tornado sem efeito e retornou ao serviço ativo e foi sub-comandante e chefe do Estado- Maior, chegando a responder pelo comando da gloriosa e amada Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Em 3 de janeiro de 1961 foi transferido para a reserva remunerada. Em Mossoró, além de ter exercido o cargo de comandante do Batalhão “30 de Setembro, no período de  5 de agosto de 1959 a 12 de janeiro de 1961, antes, ainda no posto de primeiro tenente, já havia sido prefeito da querida e amada terra de Santa Luzia, nomeado pelo Interventor Federal Seabra Fagundes, tomando posse em 12 de janeiro de 1946 e governou até 19 de fevereiro de 1946

CORONEL GLICÉRIO CÍCERO DE OLIVEIRA - RUA NO ABOLIÇÃO IV


CORONEL GLICÉRIO . Pertenceu aos quadros da PMRN e, em 1934 foi um dos deputados estaduais eleitos pelo Partido Poular e nessa qualidade exerceu a função de primeiro secretário da Assembléia Legislativa. Ivanaldo Lopes no seu livro ‘”OFICIAIS DA PM”, nos informa a seu respeito; “O Coronel Glicério de Oliveira, era dotado de boa cultura adquirida pelo hábito de ler, pois não era portador de nenhum curso. (...) Fardava-se impecavelmente, era elegante, calmo, mantendo à aproximação de um conhecido, um riso breve. Muito emotivo, um fato mais grave ou tocante procurava-lhe uns olhos brilhantes, quando a fisionomia entrava em rudez”.

CORONEL ABDON NUNES - RUA EM MOSSORÓ


CORONEL ABDON NUNES, Oficial da  Polícia Militar, exerceu as funções de delegado de polícia em vários municípios potiguares entre eles: Areia Branca e Mossoró. Quando do ataque de Lampião à Mossoró, o tenente Abdon era delegado em Areia Branca. Chamado às pressas veio em socorro da cidade de Mossoró. Tempos depois quando abriram inquérito para apurar a responsabilidade da morte e outros, ele teve a coragem de assumir a responsabilidade dos delitos.

CORONEL JOSÉ PAULINO DE SOUZA - RUA EM MOSSORÓ


CORONEL JOSÉ PAULINO, natural de Angicos, nascido em 19 de maio de 1902, filho de  Agostinho Pereira Pinto e de Otília P. Pinto. Foi interventor nos municípios de Mossoró e São Gonçalo do Amarante. Faleceu aos 85 anos, aos 17 de agosto de 1989. Foi o segundo e penúltimo policial militar, o primeiro foi Sebastião de Souza Revoredo, o último, foi Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, primeiro oficial médico da Polícia Militar,  até hoje, 2008, a dirigir os destinos da edilidade mossoroense, tomando posse em 6 de março de 1947 e governou até 9 de agosto de 1947.

CORONEL JOAQUIM TEIXEIRA DE MOURA - RUA EM APODI E MOSSORÓ


CORONEL JOAQUIM TEIXEIRA DE MOURA, com uma folha de serviços prestados a gloriosa e amada Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, principalmente no combate ao cangaceirismo.  Joaquim Teixeira nasceu para ser soldado. Policial Militar da gloriosa Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, rigoroso no garbo, quase perverso por obrigação do ofício. Valente e rigorosíssimo no cumprimento dos deveres e das ordens que recebia. De cultura elementar, a prática ensinou-o a completar-se para o que vida lhe dera: ser policia militar  - Delegado de polícia de Mossoró em 01/01/1936. É patrono  de uma avenida em Apodi

TERRAS POTIGUARES NEWS

TERRAS POTIGUARES NEWS
COM 17 BLOGS E 1500 LINKS

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Acerca de mim

A minha foto
SOU TRICOLOR DE CORAÇÃO, BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ

FUNCIONÁRIOS CIVIS PMRN

FUNCIONÁRIOS CIVIS PMRN
RIO GRANDE DO NORTE

BIBLIOTECA PMRN

BIBLIOTECA PMRN
POLÍCIA MILITAR

BATALHÃO 30 DE SETEMBRO

BATALHÃO 30 DE SETEMBRO
MOSSORÓ-RN, TERRA DE SANTA LUZIA